Há uns meses já que foi publicado um livro sobre lexicografia e didática editado pelas companheiras da rede RELEX e do projeto PORTLEX, Mª José Domínguez e Mª Teresa Sanmarco. O livro, editado por Peter Lang, compila uma série de contribuições teóricas e práticas sobre os usos didáticos dos dicionários. As editoras pedírom-me que elaborasse uma proposta pedagógica e decidi focá-lo no possível uso do Wiktionnaire, a edição em francês do wiktionary, num contexto de aprendizagem de línguas baseada em tarefas.  A proposta basea-se parcialmente em experiências próprias de aula e toca num tema especialmente querido: a lexicografia colaborativa desenvolvida dentro do projeto Wiktionary. Pode-se descarregar o texto completo em Academia.edu, mas aqui partilho o resumo em inglês:

Since their creation in 2004, Wiktionnaire, the French edition for the Wiktionary, has not stopped growing thanks to the sel ess contributions of a small community of non- expert users. Today, this open online project o ers an extensive coverage of almost 250,000 French vocables, with equivalents in many other languages, which makes it a potential learning resource for the French classroom. is chapter looks at the many advantages and disadvantages of using Wiktionnaire as a learning tool and puts forward a proposal on learning activities within the frame of Task Based Learning (TBL). e proposed activities were designed and sequenced taking into account the work of di erent expert researchers on the elds of dictionary use, vocabulary acquisition and TBL.